Como aprender eletrônica geral

Eletrônica para iniciantes é um tópico que eu amo. Há muitas pessoas por aí tentando pregar que a eletrônica é difícil. Claro que leva tempo para se tornar um especialista. Mas você pode começar a se divertir e construir coisas úteis praticamente imediatamente. E é fácil!

Não seria legal fazer algo como um controle remoto ou um amplificador? Ou talvez algo mais avançado como um quadcopter ou um celular?

Siga estes passos, e você estará bem no caminho para construir qualquer aparelho que esteja sonhando.

Etapa 1: obter uma visão geral do básico

O primeiro passo a dar é obter uma compreensão simples dos conceitos básicos em eletrônica para iniciantes.

Tensão, Corrente e Resistência

  • A corrente é medida em Amp ou A
  • A tensão é medida em Volt ou V
  • A resistência é medida em Ohm ou 

Para mais informações visite nosso site: curso de eletrônica geral do básico ao avançado

Esquemas

Diagramas esquemáticos são como receitas para eletrônicos. Eles dizem exatamente como conectar os componentes para fazer um determinado circuito.

Há um zilhão de diagramas esquemáticos na internet. Então, sem conhecer nenhuma teoria, você pode realmente construir alguns circuitos bem avançados. Contanto que você saiba os passos práticos sobre como construir um circuito.

Componentes básicos

Eu não gastaria muito tempo nesta fase quando você está começando. Basta ler um pouco para começar sua curiosidade. Em seguida, passe para o próximo passo.

Comece por folhear artigos populares sobre os componentes eletrônicos básicos. Ou escolha um componente específico sobre o qual você deseja saber mais :

  • O que é um resistor?
  • Como funciona um capacitor?
  • Como funciona um transistor?
  • O que é um diodo?
  • o que é um indutor?
  • O que é um circuito integrado?

Então, à medida que você progride e fica curioso sobre algo, você pode voltar a essa “Eletrônica para Iniciantes” – e aprender mais sobre os componentes.

Passo 2: Comece a construir circuitos

Se você gostaria de aprender falar em público – o que você acha que é a melhor maneira de fazer isso? Estude ou realmente faça isso? Eu acho que você concordaria que você aprenderá mais falando de verdade em público.

Então, o mais rápido possível, comece a construir circuitos. Esta é a primeira coisa a fazer se você quiser aprender eletrônica.

Comece construindo alguns circuitos usando breadboards e stripboards .

procure livros que fornecem instruções passo a passo sobre como construir seus primeiros circuitos. Eu recomendo que você leia e siga os passos para se familiarizar com os circuitos de construção.

Passo 3: Entenda os microcontroladores

Um chip microcontrolador em um dedo

Agora que você construiu alguns circuitos e molhou os ouvidos, é hora de aprender sobre microcontroladores . Eles são uma das ferramentas mais úteis em eletrônica.

Você pode escolher a profundidade que deseja nessa etapa. Talvez você só queira ler sobre os conceitos básicos de microcontroladores , ou talvez queira aprofundar a discussão com alguns tópicos de microcontroladores mais avançados por um tempo.

Etapa 4: comece um projeto pelo qual você é apaixonado

Aprenda eletrônica geral com a André cisp

Assuma um projeto pelo qual você se sinta inspirado. Algo que você acha que seria muito legal de fazer. Ao fazer isso, você encontrará muitos desafios. E esses desafios são bons, porque eles mostram o que você precisa aprender.

Nesta fase, você provavelmente aprenderá alguma teoria eletrônica, como a lei de ohm . E alguns conceitos de circuitos úteis, como o resistor limitador de corrente. .

Etapa 5: leve para o próximo nível

estéreo-visão-inclinada levemente

Agora que você construiu seu primeiro projeto, é hora de levar seu nível de habilidade para o próximo nível. É hora de aprender a projetar suas próprias placas de circuito. Quando você aprender esta habilidade, você será capaz de projetar aparelhos realmente avançados, como quadcopters, robôs, telefones celulares +++

Água

A água é uma substância composta por dois átomos de hidrogênio (H) e um de oxigênio (O), formando a molécula de H2O. É uma das substâncias mais abundantes em nosso planeta e pode ser encontrada em três estados físicos: sólido (geleiras), líquido (oceanos e rios), e gasoso (vapor d’água na atmosfera).

Aproximadamente 70% da superfície terrestre encontra-se coberta por água. No entanto, menos de 3% deste volume é de água doce, cuja maior parte está concentrada em geleiras (geleiras polares e neves das montanhas), restando uma pequena porcentagem de águas superficiais para as atividades humanas. 

O Brasil é um país privilegiado com relação à disponibilidade de água, detém 53% do manancial de água doce disponível na América do Sul e possui o maior rio do planeta (rio Amazonas). Os climas equatorial, tropical e subtropical que atuam sobre o território, proporcionam elevados índices pluviométricos. No entanto, mesmo com grande disponibilidade de recursos hídricos, o país sofre com a escassez de água potável em alguns lugares. A água doce disponível em território brasileiro está irregularmente distribuída: aproximadamente, 72% dos mananciais estão presentes na região amazônica, restando 27% na região Centro-Sul e apenas 1% na região Nordeste do país.